Mais segurança às mulheres vítimas de violência doméstica

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de um terço de todas as mulheres do mundo são vítimas de agressões físicas ou sexuais, o que torna isso um problema de saúde global. Na maioria dos casos as mulheres sofrem agressões e abusos de seus próprios namorados e maridos, as mesmas acabam tendo problemas de saúde como contusões, ossos quebrados, complicações na gravidez, depressão e também doenças mentais.
O problema da violência acaba afetando as crianças também, um terço dos meninos que testemunharam violência contra suas mães, têm maior possibilidade de reproduzirem este tipo de comportamento, já as meninas correm o risco de entrarem mais frequentemente em relações abusivas.

“Acredito que a violência contra a mulher é uma das faces mais obscuras do ser humano. Vamos lutar para mudar esta realidade em nosso estado e fazer com que nossas rondonienses se sintam amparadas, acolhidas e protegidas”

Léo Moraes tem trabalhado para garantir mais segurança às mulheres rondonienses vítimas de doméstica. Uma das medidas é o acompanhamento da Polícia Militar, através do Projeto Patrulha Maria da Penha, para as mulheres que recebem medida protetivas do judiciário, em Porto Velho. O deputado acredita que implantação em outros municípios é uma necessidade imediata, pois de acordo com os dados do mapa da violência 2017, nosso estado possui altos números de feminicídio. Para Léo Moraes: “É realmente um absurdo que as mulheres sejam colocadas em uma situação de desrespeito e vulnerabilidade. Acredito que a violência contra a mulher é uma das faces mais obscuras do ser humano. Vamos lutar para mudar esta realidade em nosso estado e fazer com que nossas rondonienses se sintam amparadas, acolhidas e protegidas”.
Léo Moraes também se preocupa com outras políticas para as mulheres, como a luta para que elas não tenham apenas cotas de coligação ou partido, mas que tenham também vagas asseguradas no Congresso Nacional e nas bancadas das Assembleias, pois as mulheres precisam ocupar seu lugar de destaque na política pública no Brasil e em Rondônia. Além disso, quando vereador, em Porto Velho, apresentou e aprovou projeto para tratamento e prevenção ao HPV, câncer de colo do útero.

Saiba mais: www.rondonoticias.com.br/noticia/politica/11769/leo-moraes-apoia-projeto-patrulha-maria-da-penha-na-capital

Secretaria da Mulher – Disque Denuncia: 180 – Serviço gratuito, funciona todos os dias, incluindo finais de semana, 24 horas. Este serviço ajudará a vítima quanto aos encaminhamentos e procedimentos legais cabíveis para cada situação e gravidade.