Recursos para Unidades de Pronto Atendimento de Porto Velho

A saúde é um dos direitos fundamentais, ela consta na Declaração Universal dos Direitos Humanos, no artigo XXV, de 1948. Este artigo define que toda pessoa tem direito à saúde e bem-estar, incluindo cuidados médicos e os serviços sociais indispensáveis. O direito à saúde é inseparável do direito à vida, uma vez que ambos estão inspirados no valor de igualdade entre as pessoas, é uma obrigação do Estado uma garantia de todo cidadão. O artigo 196 da Constituição Federal do Brasil dispõe que “a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação”.

 “Quem tem enfermidade, tem pressa! A cidade acima de tudo!” Léo Moraes.

O deputado Léo Moraes sempre esteve atento à qualidade dos serviços prestados e à infraestrutura das duas Unidades de Pronto Atendimento da capital Porto Velho. Em março de 2017 ele encontrou o então Secretário Municipal  de Saúde para averiguar e tomar providências para amenizar as dificuldades enfrentadas pelos servidores e, principalmente, pela sociedade.
Após o encontro, o Deputado destinou uma emenda para reforma das instalações elétricas, reparos, garantindo assim melhorias no local para funcionários e pacientes, Léo Moraes reafirmou seu apoio à rede municipal de saúde.
Sem dúvida a saúde pública é um dos grandes problemas de Rondônia e do Brasil, faltam médicos,  remédios, leitos e atendimento emergencial de qualidade, estes e muitos outros são os problemas encontrados pelos cidadãos que chegam às unidades de saúde. Para Léo Moraes, “Independente de partido e campanha, temos que trabalhar juntos para que a saúde da capital melhore, afinal quem tem enfermidade, tem pressa! A cidade acima de tudo!”. O então secretário da pasta agradeceu a sensibilidade do deputado e destacou que a emenda é de vital importância para que os trabalhos das unidades continuem da melhor forma possível.
As duas UPAs de Porto Velho recebem entre 500 e 700 pacientes por dia, para atendimentos médicos de urgência e emergência.

Saiba mais: www.al.ro.leg.br/institucional/noticias/deputado-leo-moraes-destina-mais-de-r-2-5-mi-em-emendas-para-porto-velho